-----Numerologia Maraso 2016
A tónica dominante deste mês é representada pelo número 12 que possui vários simbolismos: os 12 apóstolos de Jesus, os 12 meses do ano, os 12 signos do zodíaco, os 12 Cavaleiros da Távola Redonda, entre outros.   No Tarot a 12ê lâmina corresponde ao Dependurado, que representa o verdadeiro desapego. O Dependurado encontra-se impedido de agir, preso por um pé, a uma árvore, cuja forma lembra a letra Tau. O bloqueio ou o impedimento fê-lo questionar acerca da sua sorte. Por que motivo está aquele homem numa posição invertida, com uma perna traçada por cima da outra, formando o que parece ser o número 4 (número da matéria). O corpo está impedido de se libertar, é certo, mas a mente é livre de se flexibilizar e o coração está disponível para amar, mas enquanto a ligação entre a mente e o coração não for feita, a perspetiva do Dependurado, será sempre a mesma.   Se ele souber deixar ir o que o impede de ser livre, poderá resgatar o seu poder pessoal e ser-lhe á dada uma nova oportunidade – a de morrer para as suas velhas crenças, para a sua obstinação, para a sua inflexibilidade mental, para a sua rigidez de pensamento, para o seu fundamentalismo.   A única coisa que o Dependurado não pode largar, é a sua verdadeira essência. Ele só tem que ser o que é, assumindo a sua verdadeira postura – a de um ser que vai ganhando consciência, que vai aumentando e amplificando o conhecimento da sua verdadeira natureza.   Tal como o Dependurado, também nós podemos aprender a largar aquilo que nos impede de ser a nossa verdadeira essência em ação.   Por outro lado, a vibração universal de Março, que é 3, faz-nos a incrível proposta de unirmos, não só a mente ao coração, mas também de nos lembrarmos de permanecer alegres e de escolher a alegria, mesmo diante da dificuldade.   Amar as partes duras e difíceis, para que elas não apodreçam dentro de nós, pois tentamos sempre ignorá-las, impedi-las de se mostrarem, porque não queremos conhecê-las. Temos medo de assumir que somos humanos, que temos fraquezas, que erramos…   Sempre que tentamos enganar-nos, escondendo a verdade sob as aparências, as dificuldades tornam-se mais e mais incomodativas. São como uma pedra no sapato, que teimamos em não descalçar. Pode ser que passe e assim não temos que parar.   Poderíamos sentar-nos em algum ponto do caminho, descalçando cuidadosamente o sapato e retirando a pedra, que é tão pequenina, mas que magoa tanto. Depois, aliviados, só teríamos que seguir em frente, felizes e contentes por termos feito aquilo que na realidade precisávamos mesmo de fazer.   Mas nós somos teimosos e arrogantes. Preferimos continuar com a pedra dentro do sapato, que magoa tanto que às tantas provoca uma pequena ferida. Depois de muito caminharmos com essa pedrinha, acabamos por nos habituar à dor. Aliás, já nem sabemos viver sem ela. Até nos convencemos de que é confortável caminhar assim.   Mas não é! Um dia, alguém nos vai dizer que coxeamos ao caminhar e nós ficaremos perplexos com essa informação. Até podemos ficar ofendidos com tal afirmação. Porém, isso ficará a ecoar dentro de nós e o nosso coração dilacerado por tamanha dor (lembram-se? Era só uma pedrinha!) acabará por nos ajudar a enfrentar a realidade.   Agora, rendidos, cansados, teremos mesmo que parar para cuidar daquele pé ferido, porque em vez de termos tido a coragem de retirar a pedra, ficámos com ela e sujeitámo-nos a todo o tipo de incómodo e agora temos uma grande ferida para cuidar.   Mas já que temos que o fazer, que seja com alegria no coração por finalmente termos tido a oportunidade de poder escolher agir de modo diferente.   Um novo processo se inicia, e não pode haver precipitações. Não podemos querer curar a ferida e todas as suas consequências no mesmo tempo que teríamos levado a retirar a pedra do sapato. Isso teria sido fácil e simples. Mas faltou-nos o discernimento e a serenidade interior para o fazer. Tínhamos pressa e queríamos provar aos outros que somos fortes e capazes.   Agora, é preciso agir com calma. Demore o tempo que demorar, e mesmo com cicatrizes e a coxear, iremos, certamente propiciar as condições ideais para encontrar a cura e a sanação necessárias ao reequilíbrio do nosso Ser.     Possamos nós encontrar o centro!     Falta acrescentar ainda que este bonito mês marca o equinócio da primavera no dia 20 de março, às 04h30.   Além disso contamos ainda com um eclipse solar total no dia 8 de Março e um eclipse lunar penumbral no dia 23. Estes eclipses não serão visíveis em Portugal.   Os dias 19 Março e 28 de Março serão regidos pela poderosa vibração universal do Número Mestre 22.   Em Profunda Gratidão Pela Vida Eva Vilela Veigas  

Leiria - Alcobaça - São Martinho do Porto - Area - 2073 m² Preço: 515.000 € Descrição - Moradia T5 com Piscina em São Martinho do Porto.Constituída por 2 cozinhas, 2 despensas, garagem, 4 casas de banho, 5 quartos - um deles com wc privada - sala comum e escritório. Salão com 190m² aquecido com piscina coberta e aquecida, jacuzzi e ginásio.Pátio interior com 122m² e logradouro exterior com campo multiusos, barbecue e árvores diversas. Vistas panorâmicas sobre a baía de São Martinho do Porto.Muito bem localizada, a 5 minutos da Praia, 2 minutos da A8, 45 minutos de Lisboa, 1: 45h do Porto.Área: Casa: 365m²; Piscina coberta c/ salão 190m²; Pátio 122m² e Logradouro 2.073m².Não perca esta oportunidade de viver tranquilamente na Costa de Prata.Contacte-nos e marque a sua visita.

Faro (Algarve) - Alcoutim - Giões - Area - 164 m² Preço: 140.000 € Descrição - ***OFERTA DE ESCRITURA***Pequeno Monte com Moradia Isolada com 6 assoalhadas. Monte Composto por um Terreno Urbano de 1.194m2 e um Terreno Rústico de 13.450m2. Venha conhecer a sua nova Casa de férias... apenas a 15 minutos do Centro de Alcoutim...

Consulta de Numerologia: A Integraasa£o da Alma e do Ego

  Os Números Integradores são fruto da acção conjugada do Código da Alma com o Código do Ego. A combinação destes códigos internos gera novas codific...

Livros que recomendo

A PROFECIA CELESTINA   MaOS DE LUZ   MULHERES QUE CORREM COM OS LOBOS   O ALQUIMISTA    ...

Amado Mestre

  Quando nas horas de íntimo desgosto, o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos, busca-me: “Eu sou Aquele que sabe sufocar-...

Partners
Ultimas fotos

Beja - Almodôvar - Almodôvar - Area - 2100 m² Preço: 37.000 € Descrição - Vende-se terreno, em Moinhos de Vento, Almodovar, terreno para construção de uma moradia. Para mais informações e visitas: 239.091.933 ou 918.517.468.

Coimbra - Miranda do Corvo - Miranda do Corvo - Area - 6088 m² Preço: 245.000 € Descrição - 5 - Vende-se conjunto de 6 Lotes de terreno com cerca de 6.088 metros, destinado a construção, zona de comércio no centro de Miranda do Corvo, fácil acesso a IC. Marque visita: 239.091.933 ou 918.517.468.

Inspiration Site